3 operadoras de planos de saúde terão de prestar esclarecimentos ao Procon-SP sobre os reajustes realizados durante a pandemia.

Procon-SP notificou 3 empresas operadoras de planos de saúde para suspender os aumentos abusivos realizados durante a pandemia de Covid-19.

As empresas referenciadas precisarão prestar esclarecimentos quanto sobre a aplicação do reajuste anual dos planos, que fora suspenso pela ANS no dia 21 (sexta-feira). A manifestação do procon ocorreu após denuncias por parte de consumidores.

Devido a pandemia de corona vírus, a ANS (Agência Suplementar de Saúde Suplementar) determinou a suspensão de reajustes nos valores de planos de saúde de setembro a dezembro deste ano.

A justificativa que deverá ser apresentada, diz o Procon-SP é para informar se aplicaram os reajustes suspensos pela ANS nos planos individuais, coletivos por adesão e coletivos empresariais em 2020 e dizer por que foram efetuados, como foram calculados e se os consumidores foram corretamente informados sobre estas medidas.

“Reajustar mensalidade de plano sem aumento de despesas é abusar do consumidor. O Procon-SP irá verificar e se não houver justificativa para os reajustes, as empresas serão multadas”, diz o secretário de defesa do consumidor, Fernando Capez.

Outras duas operadoras terão de informar também sobre a cobertura do teste para o diagnóstico da Covid-19 em seus planos de saúde, que é obrigatória quando solicitado por um médico.

Posts Relacionados

Fechar Menu

Fale Conosco

Fale pelo Telefone

(19) 3231 5650

Fale pelo Whatsapp

(11) 9 4900 9364